Limpeza é assunto sério

Limpeza é assunto sério

A qualidade de vida é um dos principais quesitos que vem à nossa cabeça quando pensamos em moradia, não é mesmo? Por isso, ao adquirir um lote, devemos prezar por sua limpeza, afinal, ela é uma das principais influenciadoras para o bem-estar no local e de seus moradores. 

Seja em um loteamento aberto ou fechado, ao se tornar proprietário de um terreno, você passa a ser responsável por sua administração e manutenção e, mesmo que não haja nenhuma intervenção ou obra, manter a capina e a limpeza é primordial para evitar pragas e outros problemas decorrentes do acúmulo de sujeira e mato alto, inclusive a segurança e a saúde pública

Se você acabou de comprar um lote, providencie o fechamento com cerca, tapume ou muro. Essa medida irá garantir a proteção do seu bem e também evitará que outras pessoas joguem entulho e resíduos no local, dificultando a manutenção. 

Mesmo com fechamento, é obrigação do proprietário manter a limpeza constante em seu terreno. Desta forma, mesmo que os planos de construção sejam futuros, sugerimos visitas periódicas para realizar uma inspeção, averiguar o estado e providenciar a manutenção do lote. 

Terreno sujo pode gerar multa

Quem ignora a limpeza dos lotes, além de tornar o ambiente mais prejudicial, está sujeito a multas. Diversas cidades possuem legislações para notificar os proprietários com terrenos baldios sujos, casas e construções abandonadas ou desocupadas.

Em Belo Horizonte, por exemplo, a Lei 10.534/2012, prevê que os proprietários de lotes vagos os mantenham limpos, cercados e roçados. Por meio de fiscais, a prefeitura faz o monitoramento e, ao identificar o não cumprimento da exigência, notifica o proprietário para regularizar a situação sob pena de multa. Os valores variam conforme a infração cometida. 

Fique livre dos transtornos

O lote sujo além de causar riscos ao meio ambiente, compromete à saúde da vizinhança, gera poluição visual e ainda pode causar prejuízo. Evite ser notificado pela prefeitura ou associação do bairro e colabore para a qualidade de vida e harmonia no seu bairro. 

Confira algumas dicas para contribuir com a preservação do seu lote e evitar dores de cabeça:  

Visite o seu lote: como já falamos, as visitas ao terreno são primordiais para verificar a altura do mato, acúmulo de lixo e possíveis entulhos. Aproveite essas visitas para estreitar o relacionamento com os futuros vizinhos. 

Conte com profissionais: nem todo mundo possui habilidades com a capina, o uso de herbicidas ou dispõe de equipamentos necessários para tal. Sendo assim, para evitar problemas, busque por pessoas com conhecimento no assunto. Antes de contratar o serviço, peça indicações aos amigos, familiares e futuros vizinhos.

Torne o seu terreno produtivo: se o plano de construir ainda não está próximo, aproveite o terreno para criar uma horta ou cultivar frutas. Se você já tem um projeto arquitetônico, escolha o local onde não haverá estrutura para alocar a horta, assim, futuramente, você não precisará se desfazer dela. Recomendamos que as árvores frutíferas sejam cultivadas em vasos e posteriormente usadas como decoração após a construção. 

Agora que você já sabe a importância de manter o seu lote limpo, que tal partir para ação? 

Esse ano, realizamos a capina de alguns lotes do residencial Estância do Sol em Sete Lagoas/MG, para incentivar os moradores e futuros moradores a manter a limpeza e organização do local. Faça o mesmo e aproveite as nossas dicas para preservar o seu bem! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.